quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Seus relacionamentos valem mais que seu currículo


Ainda não há uma receita de bolo para ter uma carreira de sucesso. Na verdade, há um caminho: o da honestidade consigo mesmo. 
Quando falo isso, refiro-me a ouvir de maneira precisa o que diz sua intuição, aquela voz interior que esquecemos de aguçar diante de dias cheios de estímulos audiovisuais. 

Em nossa sociedade somos bombardeados de muitos estímulos e pouco "mergulhamos no cerne das questões". Esse configuração social tem formando pessoas rasas, sem paciência, indecisas, multi focadas, porém, desapercebidas.
Se percebermos bem, a Geração Y é conhecida por ser capaz de fazer muitas coisas ao mesmo tempo, mas está sendo questionada pelos resultados que entregam.

Pense e avalie: até onde tenho sido influenciado pelo ritmo da sociedade?

O perfil comportamental das pessoas mudam. Logo, o perfil do profissional, também.
É opinião máxima entre profissionais de Recrutamento e Seleção que encontrar profissionais de excelência está ficando cada vez mais difícil devido a raridade de encontrar habilidades estimadas como essenciais. Hoje as empresas "brigam" pelos bons que ocupam essa posição de excelência.

Outra coisa que você pode perceber é que áreas com gargalos de profissionais, como a construção civil , vem pagando muito bem: há mestres de obras que ganha mais de gerente de RH! 

Falar em dificuldade de encontrar profissionais parece distorcer dos índices de nosso país.
Como pode isso acontecer quando nunca em nossa história o acesso às universidades fora tão grande?

É sobre isso que quero falar.
Como podemos nos tornar excelentes? 

Sua formação é muito importante mas a qualidade de seus contatos é muito, muito mais!
São essas relações que abrirão portas para suas futuras experiências de maneira direta e/ou indireta.

Cuidar do velho "marketing pessoal" é outro aspecto que nunca sai de cena.
Use as redes sociais para se conectar com profissionais da área que você anseia (Linkedin, Facebook e etc), visite os sites das empresas, pesquise, pesquise, pesquise e ponha em ação o que você projeta para seu futuro.
Isso mesmo: você já deve ter um plano de carreira, de vida, de futuro... Se não tem, podemos falar disso noutro momento.

Hoje quero que você analise:

O que você faz bem feito? O que você faz sem dificuldade? Qual atividade que te desperta prazer mesmo sendo difícil? O que você faria mesmo "de graça"?

Comece respondendo esses pontos.
Depois procure profissões que por ventura têm similaridades. 

Faça contatos! O momento da humanidade atual é de crise de conceitos e valores. 
Empresas têm valores, têm metas... Basta você encontrar uma que tenha aspectos parecidos com os seus, que  você deseje muito conhecer e criar uma ponte para um contato.

Nenhuma ferramenta dispensa o cuidado humano. Esteja antenado! Em época de pessoas frias, quem tem "presença" própria e expressa propósito tem mais chances!
Seu currículo ficam em segundo plano quando o assunto é relacionamento. Networking é a saída!

Vamos continuar o papo: coachingfortaleza@gmail.com.
Até a próxima!